PREVENÇÃO

Saiba o que fazer para se proteger da infecção pelo novo coronavírus.

Foto: Andre Francois / Médecins Sans Frontières

Como a transmissão se dá de pessoa para pessoa, a melhor maneira de se prevenir e de proteger outras pessoas é evitar aglomerações e ficar o mais isolado possível. Para quem puder, ficar em casa é a melhor alternativa, saindo apenas quando extremamente necessário – por exemplo, para comprar comida, ir à farmácia e ir ao trabalho quando não é possível trabalhar de casa.

 

  • Sempre que for tossir ou espirrar, cubra a boca com um lenço de papel descartável ou com o seu braço, na altura do cotovelo. Descarte o lenço de papel em uma lixeira em seguida. Se possível, lave as mãos imediatamente depois de tossir ou espirrar.

 

  • Sempre que possível, lave bem as mãos com água e sabão. Se tiver acesso ao álcool em gel (60%, no mínimo), você pode utilizá-lo para os momentos em que não possa lavar as mãos com água e sabão.
  • Você deve higienizar as mãos sempre que possível, mas especialmente nas seguintes ocasiões:

 

– Antes, durante e depois de cozinhar;
– Antes de comer;
– Antes e depois de cuidar de alguém que esteja doente;
– Depois de usar o banheiro;
– Depois de trocar a fralda ou limpar uma criança que usou o banheiro;
– Depois de assoar o nariz, tossir ou espirrar;
– Depois de tocar no lixo.

 

Dentro de casa

  • Mantenha o ambiente ventilado – janelas e portas abertas sempre que possível, para facilitar a circulação do ar –, reduza ao máximo o número de pessoas em cada cômodo e não receba visitas.

 

  • Desinfete uma vez ao dia as superfícies de maior contato, como mesas, celulares, controle remoto, maçanetas em geral, interruptores, porta da geladeira, superfícies da cozinha e do banheiro com água sanitária ou com desinfetante comum diluídos em água (siga as recomendações do fabricante). Para desinfetar as superfícies da sua casa, os cômodos, o banheiro e a cozinha, você pode misturar 1 dose de água sanitária com teor de cloro ativo entre 2 e 2,5% a 19 doses de água (cheque o rótulo para garantir que o teor de cloro ativo seja dessa proporção). Veja aqui o tempo de sobrevida do novo coronavírus em algumas superfícies.

 

  • Não compartilhe talheres, pratos ou copos durante as refeições e nem itens de higiene pessoal, como a escova de dentes. Os itens de cozinha, depois de lavados com água e detergente, podem ser usados por qualquer pessoa da casa sem problemas.

 

  • Sempre que possível, ao usar o banheiro, a descarga deve ser dada com a privada tampada, para evitar a dispersão de gotículas.

 

Fora de casa

  • Se precisar sair ou estar fora de casa, use máscara (veja um tutorial e saiba como confeccionar e higienizar uma máscara de pano), evite aglomerações e espaços fechados e fique atento para não levar suas mãos aos olhos, nariz e boca. Sempre que possível, mantenha uma distância mínima de 1,5 metro (mais ou menos dois passos pequenos) de outras pessoas mesmo para conversar. Não abrace, beije ou toque as pessoas. Preparamos este vídeo para você saber como usar corretamente a máscara de pano e evitar contaminações:
  • Ao voltar para casa, evitar tocar em qualquer coisa antes de lavar as mãos e retirar as roupas usadas, não as misturando com roupas limpas nem deixando em locais de uso comum da casa. Se você só sai de casa muito de vez em quando, a recomendação é manter uma muda de “roupa de rua” próximo da entrada da casa, para usar nessas ocasiões. Assim, é possível se trocar ao sair e ao entrar em casa.

 

  • Se for usar transporte público, evite tocar nas barras de segurança e mantenha a distância de 1,5 metro das pessoas sempre que possível. Em transportes particulares como táxis e afins, peça para manter as janelas do carro abertas durante todo o trajeto. Para circular de mototáxi, é essencial o uso de capacete e ele deve ser desinfetado a cada troca de passageiro com álcool líquido 60%, no mínimo, ou com outro material desinfetante que não danifique o capacete.

 

  • Evite ficar perto de pessoas que não estejam se sentindo bem e faça o possível para não sair de sua casa se começar a sentir algum dos sintomas leves. Caso a febre ultrapasse os 38oC e você sinta também falta de ar ou dificuldade para respirar, procure ajuda médica:

 

1a opção) ligar para um médico conhecido, de sua confiança;
2a opção) ligar para 136, telefone do SUS;
3a opção) ir até o posto de saúde mais próximo.

Tem dúvidas de como seguir algumas das orientações? Ananda King, coordenadora de promoção de saúde de MSF, explica as melhores medidas para você se proteger e cuidar daqueles que estão à sua volta.

Notícias

Confira as notícias de MSF sobre o novo coronavírus.

Indonésia: combatendo a COVID-19 com educação e capacitação

14/09/2020

MSF reabre hospital para pessoas com queimaduras em Porto Príncipe, no Haiti

18/09/2020

Médicos Sem Fronteiras trabalha para deter avanço da COVID-19 entre indígenas do MS

08/09/2020

Compartilhe: